Ajudando, dificultando, ou magoar?

Feb 23, 2015

2guysarmwrestling155H

“Aceitar os outros crentes que são fracos na fé, e não discuta com eles sobre o que eles acham que é certo ou errado.”

Em algum lugar, de alguma forma, muitos de nós, cristãos, ter pego o péssimo hábito de tentar “consertar” os que não acreditam ou praticar a sua fé apenas como nós fazemos. Ele surge na conversa casual. Algumas pessoas têm dedicado toda a sua ministérios para criticar outros cristãos. Nós nos defender, dizendo que estamos a “defesa da fé.” Em muitos casos, no entanto, estamos apenas defendendo nossas próprias tradições de estimação.

John, um dos discípulos de Jesus, viu um homem que usa o nome de Jesus para libertar as pessoas. João disse: “Nós dissemos a ele para parar porque ele não estava em nosso grupo.” As coisas não mudaram tanto assim, pois não?

Em vez de dizer a João o que uma grande coisa que ele tinha feito por tentar parar o cara, Jesus disse: “Não impedi-lo! Ninguém que faça um milagre em meu nome em breve será capaz de falar mal de mim. “Com essa atitude, eu me pergunto como Jesus vai nos julgar, quando estivermos diante dele? Será que ele vai nos julgar porque não têm doutrina perfeito? Será que ele vai nos julgar porque não conhece a Bíblia, bem como outros crentes? Será que ele vai nos julgar, porque estávamos na denominação “errado” ou igreja?

Não me interpretem mal. Quero ter a doutrina e teologia correta. Eu sou um teólogo. Não nos esqueçamos, porém, que o apóstolo Paulo, talvez o maior teólogo sempre, foi muito mais interessado em como os cristãos em Roma relacionados entre si. Claro, Paulo não estava acima de ir atrás de quem tinha mau doutrina. Leia sua carta aos Gálatas. Naturalmente, Gálatas se concentra em refutar o falso ensino que tinham surgido nas igrejas lá em relação à forma como estamos a salvo. Os dois últimos capítulos de Gálatas, no entanto, se concentra em como os cristãos da Galácia estavam a tratar uns aos outros.

Eu me pergunto o que aconteceria se os cristãos realmente pode aceitar um ao outro, as diferenças e tudo? Talvez, apenas talvez, poderíamos mudar o mundo?

Graças a todos vocês que fazem parte da nossa equipe quando servimos no Brasil. Suas orações e apoio financeiro estão fazendo a diferença em muitas vidas! Clique aqui se você gostaria de se envolver. Obrigado!

Subscribe To Our Newsletter

Join our mailing list to receive the latest news.

Thank you for subscribe!

Share This